Os 7 melhores tablets para desenho digital com caneta barato e profissional

Apr 15,2022 PM 15:44

753

0

melhores tablets para desenhar e escrever.jpg

Os tablets estão ficando cada vez mais populares e, para muitas pessoas, até passaram a substituir os notebooks. São equipamentos que carregam a praticidade de uso de um celular, mas com uma tela maior, mais potência e recursos diferenciados. Além disso, não são tão pesados quanto um notebook, o que facilita para levar de um lado para o outro.

Para os profissionais da área de artes gráficas digitais, a mesa digitalizadora é a melhor opção, mas iniciantes ou desenhistas por hobby podem optar por um tablet simples com configurações especiais para desenhos e começar a caprichar nas criações!

a mesa digitalizadora é boa a wacom ou XPPen é perfeita. A fabricante tem diversos modelos dos chamados mesas digitalizadoras, Monitores Interativos , entre outros. De iniciantes a intermediários, existem soluções para todos os gostos e necessidades.

Ao contrário dos mesas digitalizadoras convencionais que exigem uma conexão com o computador ou laptop para funcionar, os tablets oferecem uma experiência de desenho em primeira mão.

Além de desenhar, você também pode usá-lo para outros fins, como tomar notas, escrever notas rápidas para jornalismo, acessar as redes sociais, rodar filmes / séries, jogar jogos,e é fácil levar para qualquer lugar com você.

Se você é um artista, designer, criativo ou ilustrador, está procurando um novo tablet ou tablet Com o qual trabalhar e realizar seus projetos profissionais, você chegou ao lugar certo.

Tablets são cem vezes melhor hoje do que eram há alguns anos atrás. Eles evoluem rapidamente, juntamente com a nova tecnologia. Diferentes empresas e fabricantes vieram acima com inúmeros artifícios para vender seus produtos.

Algumas marcas de tablets investem em modelos com sensibilidade especial e canetas de ponta fina que são excelentes para desenho. Para iniciantes, usando uma caneta, você pode pressionar na tela com muito mais precisão e conforto.

Como escolher a melhor tablet para desenhar ?

Você pode desenhar melhor usando um tablet com Caneta. No entanto, nem todos os tablets com alguma caneta são bons o suficiente. Para ter uma arte gráfica da melhor qualidade, há muitas coisas a considerar.

Você precisa verificar as especificações do dispositivo. Por exemplo, o tamanho da tela, a exibição ou resolução da tela,a Sistema Operacional ,a Processador, a memória e como a caneta stylus desliza com o próprio tablet.

Sistema Operacional

O sistema operacional é o software que conecta a parte física do tablet com as aplicações e programas. Existem vários sistemas operacionais diferentes, mas os mais conhecidos são o Windows , iOS e Android.

Os tablets Windows, Android e iOS podem ser usados como plataforma de trabalho e produtividade, ou diversão e entretenimento.

Um dos aspectos mais importantes nas artes digitais é qual o aplicativo usado para fazê-las. Também existem muitos aplicativos de desenho disponíveis no Windows, Android e iOS!

Esses aplicativos certamente ajudarão você a obter o melhor resultado possível de sua arte, facilitando sua vida. Você pode facilmente baixar esses aplicativos gratuitamente.

Sempre confira a compatibilidade de aplicativos da mesa digitalizadora escolhida e o que o seu tablet já tem instalado!

Processador

O processador pode ser considerado o cérebro do tablet. É a parte responsável por calcular e codificar toda informação que passa pelo computador.

Quando falamos de processadores a especificação mais importante é a quantidade núcleos. Por isso, avalie-os com base na quantidade de núcleos e também na velocidade.

A maioria dos modelos é Quad-core (quatro núcleos), o que já é razoável, já quanto à velocidade, mas procure os melhores modelos, que podem contar com potência superior a 2 GHz.

Memória RAM

A memória RAM é responsável por separar os dados que estão sendo utilizados pelo processador em tempo real. Ela que define a quantidade de programas que podem ser utilizados ao mesmo tempo.

A memória RAM é importantíssima para manter a estabilidade do sistema. Assim, é importante contar com uma memória grande, pois isso facilita para que diversas tarefas sejam realizadas de forma simultânea em seu equipamento, sem problemas.

Opte por modelos que tenham de 4GB de memória para mais e possam oferecer uma maior estabilidade para o funcionamento de diversos programas ao mesmo tempo.

Memória interna ROM

Normalmente o tablet é utilizado para tarefas mais corriqueiras e simples.

Você precisa de espaço e, por isso, é importante avaliar o espaço de armazenamento interno (HD) e verificar se ele é suficiente.

É preciso entender também que o sistema operacional já ocupa espaço, assim como os aplicativos.

Assim, se você tinha inicialmente 32 GB de armazenamento, terá muito menos que a metade depois que tudo estiver instalado, o que faz com que seja necessário pensar em formas de contornar a situação.

Escolha modelos que tenham pelo menos 64 GB de memória interna, o que é o mínimo necessário para um uso com qualidade, mas caso queira algo mais durável, vá com 128GB ou mais.

Porém, você pode, também, optar por modelos Android que tenham possibilidade de instalação de cartão de memória permitindo expandir até 512 GB.

Tamanho da tela

Importante mencionar que a ergonomia, conforto visual e tamanho da tela é essencial para profissionais dessa área.

Quanto maior a área de trabalho, mais poderá fazer na edição de imagens ou design.

Para medir o tamanho de um monitor, basta converter o comprimento diagonal da área de exibição em polegadas.

Então, é importante verificar que os modelos atuais, normalmente, são de 10 ou 12 polegadas, sendo que acreditamos, no entanto, que o de 12 polegadas pode trazer uma experiência melhor.

Resolução da tela

A resolução da tela é um dos critérios mais simples e fáceis de se compreender. De forma objetiva temos que, o valor representa a quantidade de linhas de pixel horizontais e verticais que o seu monitor pode exibir.

Quanto maior a resolução, maior o número de pixels e melhor a nitidez. Porém, em resoluções mais altas, a imagem da tela fica menor de modo a comportar mais informações. 

Para monitores diferentes com o mesmo tamanho, aqueles com resoluções mais altas (mais pixels) podem exibir mais detalhes e imagens realistas e oferecer mais conteúdo.

Agora para quem trabalha com imagens, por exemplo, uma tela com boa resolução é muito importante, pois ela irá garantir uma mais fidelidade de cores e maior realismo. Quem joga também costuma preferir telas melhores para alcançar mais grau de realidade dentro dos games.

O formato mais utilizado em telas é o widescreen, com padrão 16:9 e suportando uma resolução padrão de 2560×1440 pixels (ou seja, QHD). A resolução da imagem 2K será muito melhor do que as dos demais monitores como o FHD, por exemplo, que tem apenas 1920 × 1080.

Formatos de tela: 16:9 ou 3:2

Por muito tempo, a tela foi mais panorâmica (16:9 ou 16:10), mas alguns modelos apostam no formato mais quadrado, em 3:2 ou 4:3. Isso quer dizer que a cada 16 pixels de comprimento, 9 pixels serão aumentados na altura. 

A popularização das TVs panorâmicas com formatos 16:9 e 16:10 (este último mais comuns nos MacBooks) fez com que essa tendência também desembarcasse nos tablets.

Com o advento das plataformas de streaming de vídeo, é claro que os usuários de tablets com esse formato contam com uma clara vantagem para consumir esses conteúdos em um formato mais adequado. É também o formato de tela que beneficia os gamers, com uma maior sensação de imersão e maior campo de visão horizontal.

Outra vantagem do 16:9 está na produtividade, onde colocar duas janelas de um (ou vários) aplicativos lado a lado é algo mais natural, além de ser útil para aplicativos que se beneficiam dessa resolução horizontal, como é o caso do Excel ou programas de edição de vídeo. Até mesmo na parte de produtividade.

O 3:2 também foi para o tablet Surface Pro, e mais fabricantes estão entregando notebooks e conversíveis com esse formato. O principal objetivo aqui é maximizar a informação de um único aplicativo: com mais espaço na vertical, esta é a tela perfeita para quem quer trabalhar com um aplicativo que ocupe toda a tela.

Sensibilidade de tela

Os níveis de pressão é que vão dizer o quão sensível é a sua tablet. Quanto mais níveis de pressão uma tablet tiver, melhor! Pois assim ela vai conseguir reconhecer os diferentes traços que você fará. Se usar menos força na caneta, ela fará um traço mais fino e claro. E se usar mais força, ela fará um traço mais grosso e forte.

Os modelos mais básicos e baratos possuem mais ou menos 4.096 níveis de pressão. Enquanto que as mesas mais caras e mais completas reconhecem até 8.000 níveis de pressão. De qualquer forma, um modelo que tenha, no mínimo, 4.000 níveis já é bom o suficiente para a maioria das pessoas.

Se você for desenhista, por exemplo, quanto mais níveis de pressão melhor. Portanto, sempre compre a mesa digitalizadora com o maior número de níveis de pressão possível.

Tecnologia do painel

As tecnologias de painéis são em grande parte as responsáveis pela disponibilidade de cores. Quando for comprar um monitor é fundamental verificar se ele possui tecnologia LCD, OLED, AMOLED, ou SUPER AMOLED . 

LCD: LCD significa Liquid Cristal Display ou tela de cristal líquido, em português. Quando se diz que uma tela é feita de LCD, significa que, dentro dela, há um aglomerado de cristais líquidos transparentes, ao receberem uma carga elétrica no backlight, a tela fica acesa o tempo todo e, por isso, consome mais bateria.

A tecnologia IPS (In-plane switching) é uma variação da tecnologia LCD. A maioria dos monitores usados para processamento de imagens incorpora um painel IPS. 

Comparando com painéis TN usados em produtos convencionais, ou monitores usando painéis VA, a maior vantagem do painel IPS é o ângulo de exibição de 178° que não exibe mudança de cor de diferentes ângulos de exibição.

Além disso, os painéis IPS oferecem melhores amplitudes de cores e precisão. Desde a perspectiva do profissional de imagem e do entusiasta da fotografia, o monitor que usa o painel IPS é a escolha certa.

AMOLED: AMOLED é uma tecnologia baseada no OLED significa Active-Matrix Organic Light-Emitting Diode ou Matriz Ativa de Diodo Orgânico Emissor de luz. As telas feitas com essa tecnologia são divididas em 4 camadas: orgânica, ânodo, cátodo e uma quarta camada com circuitos.

Tais camadas permitem que os pixels das imagens sejam ativados com o triplo de velocidade do que nas telas sem a AMOLED. Economizam bateria e são nítidas e brilhantes.

SUPER AMOLED: SUPER AMOLED é uma versão comercial da AMOLED modificada pela Samsung, que retirou o vídeo touch e adicionou uma camada de toque dentro da tela AMOLED, tornando ela mais fina, mais leve, e mais saturada.

OLED: OLED é baseada em diodos orgânicos, que não precisam de backlight, porque tem emissão de luz própria. É mais caro, mais brilhante, eu mais nítido!

RETINA DISPLAY é apenas um conceito publicitário das telas LCD e OLED da Apple.

Fidelidade de cores

O espaço de cores também é conhecido como gama de cores, a amplitude de cores que pode ser exibida. Enquanto monitores para designers, fotógrafos e artistas precisam atender outras gamas de cores como NTSC, DCI-P3, sRGB e Adobe RGB.

Do ponto de vista de um artistas, uma monitor que é capaz de apresentar mais cores possui uma vantagem.

Além dessas gamas de cores, há a necessidade por melhor alcance dinâmico, exibindo mais detalhes sem estourar a imagem. Isso é possível com um monitor compatível com a tecnologia HDR (High Dynamic Range).

NTSC: O padrão NTSC (sigla para National Television System Committee) foi criado para determinar o quanto uma tela pode representar a fidelidade de cores em uma escala de porcentagem. Sendo assim, se duas telas são classificadas como 85% NTSC e 96% NTSC, isso significa que esta segunda possui cores mais fiéis ao padrão.

DCI-P3: A gama de cores DCI-P3 está se tornando mais popular, já que foi projetada para TVs com resolução Ultra HD e HDR. Ela está mais focada nos tons amarelos e vermelhos, sendo 25% mais ampla que a sRGB.

sRGB: A sRGB é derivada da gama de cores Rec.709, tem menos quantidade de cores exigidas comparada a outras gamas de cores.

Utiliza o espectro de cor padrão (Vermelho, Verde e Azul), é a mais utilizada em aplicações na internet.

Para uso gamer ou geral, a reprodução da gama sRGB (99% ou mais) já é suficiente para proporcionar imagens com cores vibrantes e bom detalhamento nos degradês.

Adobe RGB: Em geral, o Adobe RGB tem um espectro de cores mais amplo comparado ao sRGB (em 35%). Um monitor que suporta o AdobeRGB fornece detalhes de cores mais precisos.

A gama de cores Adobe RGB é capaz de cobrir o espaço de cores CMYK usado na impressão e permite que os usuários visualizem a cor da imagem impressa no monitor sem a impressão real.

Tempo de Resposta

É a unidade de medida responsável por determinar o tempo necessário para um pixel trocar de cor na tela ou, como também é conhecido “refresh” do pixel. 

Por exemplo, é o tempo que leva um pixel para mudar de branco para preto (MRPT), ou de um tom de cinza para outro (GtG).

O ideal é sempre buscar por valores mais baixos, pois assim, não haverá delay na imagem, ou seja, tudo acontecerá instantaneamente.

Essa especificação é mais importante para escolher um monitor gamer. Quanto menor, melhor, geralmente os melhores monitores têm tempo de resposta entre 0.5ms a até 8ms.

Taxa de Atualização

É o número de vezes por segundo que seu monitor atualizará a imagem exibida. É semelhante ao “FPS” em jogos, aonde, com valores maiores, a exibição é mais fluída e suave, enquanto que com valores baixos acabamos por enfrentar delays e atrasos.

o número de vezes que a tela atualiza por segundo é medido em Hertz (Hz). Quanto maior o número (e.g. 240Hz) mais suave será a transição entre cada quadro e menores chances de ghosting. 

É mais útil para gamers, enquanto para uso geral ou trabalho, 60Hz ou 75Hz é suficiente. Recomendamos monitores com taxas acima de 60 Hz.

Bateria

Os modelos de tablets disponíveis no mercado, atualmente, contam com baterias duráveis e que têm autonomia para permanecer em funcionamento por longo período.

Mas é claro que há diferenças entre um modelo e outro, logo, é importante ter uma atenção especial a esse ponto.

A dica é se atentar ao número de miliampere-hora (mAh) que constar no produto.

Nesse caso, a ideia é que, quanto maior for o número descrito, maior será a autonomia da bateria e mais tempo ela durará, até que você precise realizar uma recarga completa.

Modelos mais básicos contam com cerca de 3000mAh, o que permite que a bateria permaneça em funcionamento por um meio dia de uso contínuo.

Porém, modelos mais novos já alcançam 5.000mAh, ou seja, o que garante que o equipamento permanecerá em funcionamento por ainda mais tempo.

Lembrando que a duração da bateria varia muito conforme os aplicativos executados, brilho da tela, volume, conexões ativos, etc.

Qual o Melhor tablet para desenhar?

Agora, com as dicas e informações repassadas acima você já está pronto para escolher o seu tablet para desenhar.

Para lhe ajudar, fizemos uma lista, com os melhores tablets para trabalho atualmente. Você pode conferir nossa avaliação sobre cada um deles abaixo.

1. iPad Pro

ipad pro tablet para desenhar com apple pencil

O Apple iPad Pro de 12,9 polegadas ou 11 polegadas é um dispositivo bastante excepcional que oferece um design adorável, tela fantástica e desempenho brilhante que realmente é da classe de um laptop.

A tecnologia Liquid Retina traz uma melhor nitidez de cores e desempenho por pixéis. O tela possui resolução de 2388×1668 pixels ( usam proporção de 4:3) e baixa reflexividade (ideal para quem usa óculos).

Além disso, o display também usa a tecnologia ProMotion, que entrega uma variação da taxa de atualização de 120 Hz da tela para garantir transições mais fluidas. 

A tela dele tem a melhor precisão de cor atualmente e garante contraste de respeito, definição de detalhes e muito brilho, além de resposta muito rápida ao toque.

Ao falar em desempenho, os IPad Pro possuem o chip M1 , presente também nos iMacs, Octa-core e que entrega velocidades de até 3.1 GHz . 

Quanto a armazenamento, os modelos de 128GB, 256GB ou 512GB contam com memória RAM de 8GB. Já se o armazenamento for de 1TB ou até 2TB (sim, há versões desse tipo), a memória RAM passa a ser de 16GB.

É válido destacar que o tablet possui total suporte a Apple Pencil de segunda geração para o usuário fazer desenhos a nível profissional, anotações, entre outras funções da caneta.

Já a Apple Pencil 2º geração tem a melhor precisão e menor latência do mercado! Ela é ideal para desenhar, colorir, anotar, fazer marcações e muito mais. Por sua alta eficiência, esse produto é tão natural e fácil de usar quanto um lápis.

você possa aproveitar ao máximo as possibilidades que essa caneta oferece, seja para trabalhar, desenhar ou simplesmente navegar na Internet sem tocar na tela.

De imediato, o Magic Keyboard com trackpad é o que aproxima mais o iPad Pro da experiência de um MacBook. No entanto, o preço, é bem salgado para uma capa com teclado. 

Sua bateria dura até 10 horas em reprodução contínua de vídeo. Por outro lado, ainda tem a tecnologia de carregamento rápido que permite voltar ao trabalho logo que possível.

A qualidade de construção é excelente, e a superfície de alumínio não só tem um ótimo toque e toque, mas também é praticamente impermeável a impressões digitais. 

Em movimento, este modelo é um substituto natural do laptop, tornando várias coisas mais fáceis, especialmente com a interface de usuário do iPadOS.

Procreate disponível apenas para iOS. Avançando para hoje, o iPad se tornou a tela digital favorita para pintar, desenhar e esboçar; e a combinação do iPad Pro e Apple Pencil é atualmente o sonho dos artistas digitais.

iPad Air 5: O tablet Apple bom e barato para comprar

Voltado para profissionais da ilustração, o iPad Air 5 tem uma tela de 10,86 polegadas, taxa de atualização de 60 Hz, resolução de 2360 x 1640 pixels e Processador M1. e o aparelho ainda oferece compatibilidade com o teclado Magic Keyboard e com a caneta Apple Pencil de 2ª geração.

Para a geração atual, os benefícios do iPad Pro incluem um visor de 120 Hz, identificação facial e uma câmera melhor. 

No geral, o iPad Air 5 continua sendo um ótimo valor, com desempenho agora no mesmo nível do iPad Pro 11" graças ao chip M1 e outros Pro-como recursos.

2. Wacom Mobile Studio Pro 13 ou 16

Wacom MobileStudio Pro 16 tablet para desenhar com caneta

Tablet imprescindível para quem trabalha com arte e tem o dom de desenhar a mão livre, pois torna o trabalho muito mais rápido e fácil. 

Enquanto alguns podem considerá-lo para ser apenas um simples tablet de gráficos com display, o Wacom MobileStudio Pro 13 / Pro 16 é, de fato, um microcomputador com o Windows OS. 

Processadores Intel Core, disco rígido SSD 256GB, 16GB RAM, Windows 10 Pro, uma tela IPS de alta qualidade , vidro texturado e uma experiência de desenho simplesmente sublime. 

Você pode encontrá-lo em dois tamanhos diferentes, de 13,3 e 15,6 polegadas, e possui uma resolução de 4K (3840 x 2160), formato 16: 9  e é por isso que oferece uma experiência de visualização magnífica.

A Wacom MobileStudio Pro 13 / Pro 16 reproduz 94% do espaço de cores do Adobe RGB, além de suas telas serem multitoque.

Muitos artistas têm trabalhado com produtos da Wacom há anos, e foi de um tempo pra cá que algumas pessoas estão começando a migrar para o Ipad Pro ou o Surface Pro. 

Mas para alguns, existe um diferencial na Wacom: a resposta da caneta Pro Pen 2 é maravilhosa dentro do Wacom MobileStudio, De fato, o Caneta pode detectar até 60 níveis diferentes de inclinação do lápis em ângulos verticais a 40 graus, o que variará significativamente o curso exibido, dependendo da inclinação e pressão.

Assim como ocorre com outros lápis digitais Wacom e, diferentemente da Microsoft Surface Pen ou da Apple Pencil, as canetas não precisam ser carregadas para uso, o que evita um inconveniente adicional.

O Poder do processador Intel do tablet, o suficiente para oferecer suporte a programas complexos, como o software para criar imagens 3D e o Adobe Creative Suite , o trabalho com os quais a maioria dos outros dispositivos Android / iOS não suportam.

Com ele, você vai ser capaz de criar 2D, 3D, arte CAD em várias aplicações, tais como Adobe Photoshop e Illustrator.

Além desta peça vir com botões de atalhos no lado da tela, e o melhor, você pode personaliza-los para cada programa.

É uma ótima opção para designers e artistas profissionais que desejam trabalhar com um tablet portátil.

3. Microsoft Surface Pro 8

Microsoft Surface pro 8 tablet para desenhar com caneta

Para um utilizador habituado a usar o Windows OS onde tem as suas ferramentas habituais de trabalho em viagem vai preferir o Microsoft Surface Pro ao iPad Pro.

O Surface Pro 8 tem um design refinado, um corpo fino e de alumínio,  um kickstand classudo, um teclado adorável que proporciona uma ótima experiência de digitação - mesmo se você tiver que comprá-lo separadamente - uma tela excelente e bastante potência. 

A tela do Surface Pro 8 é de excelente qualidade. Ela mede 13" na diagonal e usa a tecnologia “PixelSense” da própria Microsoft. A resolução que fica entre 2K e 3K (2880×1920 pixels), e isso garante uma ótima densidade de pixels para um computador — são 267 ppi.

Outro atrativo do componente fica para a taxa de atualização de 120 Hz.  além de suportar os padrões Dolby Vision e Adaptive Color Technology.

O processador Intel de 11º núcleo obtém um impulso máximo com a poderosa memória da CPU para iniciar aplicativos pesados em seu sistema. Além do espaço de slot de memória de 8 GB e 16 GB, a capacidade de armazenamento adicional de 512 GB, 128, 256 e 1 TB de espaço pode armazenar vários arquivos de execução do downloader.

Se você acha que o trabalho de edição é necessário, use a caneta Surface Slim Pen 2 para tocá-lo e acessá-lo como desejar. Você consegue rabiscar com ela em vários apps, incluindo o OneNote e algumas ferramentas de desenho. 

A caneta Surface Pen 2 traz feedback tátil e uma ponta resenhada para melhorar a precisão da escrita ou de trabalhos gráficos. Ao desenhar na tela, a caneta se saiu muito bem. O acessório tem um espaço para ser abrigado no teclado acoplável Surface Pro Signature.

 Elegante e compacto, o teclado Surface Signature funciona como um teclado de laptop tradicional completo com uma linha de função completa e teclas retroiluminadas.

O Surface Pro 8 Execute com o Windows 11, para que você possa instalar e executar versões completas de programas como Photoshop, Illustrator ou InDesign. Os artistas que procuram a melhor experiência de desenho e pintura também encontrarão uma ferramenta completa para desenho vetorial.

Portanto, embora para muitos não tenha a melhor tela, é um dos equipamentos híbridos que melhor soluciona o problema de produtividade, com a possibilidade de enfrentar qualquer trabalho, além de executar tarefas diárias, como gerenciar e-mails ou manuseio. as redes sociais.

Dadas as melhorias significativas em sua parte interna e tela, o Surface Pro 8 é naturalmente mais caro.  Só porque há um modelo mais novo, não significa que não vale a pena considerar o predecessor. A Microsoft imediatamente baixou os preços de seus modelos Surface Pro 7 restantes. 

Se você está com um orçamento apertado e precisa de um tablet Windows para uso casual ou tarefas diárias, pode ser melhor ficar com o Surface Pro 7. 

4. Samsung Galaxy Tab S8 Ultra

Samsung Galaxy Tab S8 Ultra tablet para desenhar com caneta

O Galaxy Tab S8 Ultra é o mais recente e poderoso tablet Android da Samsung, esta é a opção mais robusta da série que inclui os Galaxy Tab S8 Plus (12.4") e Galaxy Tab S8 (11").

 Seu processador, o Snapdragon 8 Gen 1, consegue rodar qualquer aplicativo e jogo da Google Play Store sem problemas de desempenho.

Assim como, espaço não vai faltar, pois além de sua capacidade de armazenamento variada de 128/256/512 GB, ele conta com slot de memória para MicroSD de até 1 TB. Além de incríveis 8GB/12GB/16 GB de RAM.

O tablet também impressiona pela sua tela de alta qualidade, com 14,6 polegadas, tecnologia AMOLED, suporte HDR, resolução WQXGA  (2960x1848 pixels), proporção de 16 : 10 e 120 Hz de taxa de atualização, que deixa as imagens mais fluidas e naturais.

O dispositivo é maravilhosamente bem feito, apresentando um dorso metálico. Tem uma base magnética para a S Pen na traseira. O ecrã gigante de 14 polegadas está alojado entre pequenas margens que medem apenas 1 centímetro, dando-lhe um aspecto maravilhosamente elegante e moderno.

Para melhorar a oferta em si, possibilita incorporar um teclado opcional com trackpad e pode ser ligado a monitores utilizando a tecnologia DeX da Samsung.

O aparelho possui total suporte a S-Pen, que pode ser usada para anotações, desenhos ou mesmo para comandos por gestos.

A caneta S Pen é sensível e trabalha muito bem com os programas profissionais como AutoDesk SketchBook e Ibis Paint X.

o S-Pen mantém bem a pressão. Produz linhas de boa qualidade que não são de maneira alguma vacilantes!

o Samsung Galaxy Tab S8 Ultra conta com bateria de 11.200 mAh, sendo acompanhado por um carregador de 45 watts. sua bateria chega a durar até 15 horas com uma atuação rápida e eficiente.

Você obtém uma tela excelente e detalhes internos brilhantes para fazer o que é claramente o melhor tablet Android completo do momento. Além disso, é um equipamento superfino que, facilmente vai numa mochila, viagem ou até de companhia para o escritório.

Já se você preferir uma opção um pouco mais em conta, os modelos da geração anterior (Samsung Galaxy Tab S7, S7 FE e S7+) são uma boa pedida. Mesmo não sendo as versões mais modernas, contam com ótimos recursos e alto desempenho em todos os aplicativos da Play Store.

5. Huawei MediaPad Pro 12.6

Huawei MatePad Pro 12.6 tablet para desenhar com caneta

A Huawei tem sido conhecida por lançar produtos de alta qualidade, mas com um preço mais barato da marca. Eles estão competindo com grandes marcas bem conhecidas, tais como a Samsung e a Apple.

O Huawei MediaPad Pro 12.6 vidas até a marca. Ele vem com uma 12.6 polegadas de tela OLED de exibição resolução de 2560 x 1600,  proporção de 16:10 e taxa de atualização de 60Hz. Ainda sobre a tela, ela oferece suporte para HDR10 e cobre 100% do espaço de cor DCI-P3.

o MatePad Pro 12.6 vem equipado com o chip Kirin 9000E, 8GB de memória RAM, 128GB/256GB de capacidade para armazenamento e bateria de 10.000mAh com suporte para carregamento rápido de 40W com fio, carregamento rápido de 27W sem fio e carregamento reverso sem fio de 27W.

Graças ao processador topo de gama Kirin 9000E, o Huawei MatePad Pro apresenta uma elevada performance e uma eficiência energética elevada. Funciona ainda melhor com a aquitetura NPU mais inteligente que permite optimizar a utilização da bateria e outros componentes para melhorar a performance através de AI.

O MatePad Pro 12.6 é executado no HarmonyOS 2.0, que é baseado em uma versão bifurcada do Android 10, e você pode instalar e executar a maioria dos aplicativos Android disponíveis, exceto aqueles que dependem dos serviços do Google.

o MediaPad Pro vem acompanhado da M-Pencil, caneta com design ergonômico e boa sensibilidade que pode ser um instrumento de escrita ou desenho e edição de documentos.  Ele vem com duas pontas extras – uma transparente e uma cinza escuro.

A M-Pencil é alimentada por bateria e possui mais de 4000 níveis de sensibilidade à pressão. A transição de linhas grossas para finas (e vice-versa) é fácil como torta.

Usar a M-Pencil para estudos é interessante, pois a caneta possibilita marcar lembretes, destacar partes importantes de um texto e fazer anotações diretamente em PDFs, por exemplo.

Além da M-pen, há um ponto de conector para as entradas para teclado, o que eventualmente permitirá que você conecte um teclado físico. O teclado magnético inteligente HUAWEI é a combinação perfeita para o HUAWEI MatePad Pro. 

As outras duas opções:

O tablet MatePad 11 possui tela IPS LCD de 11 polegadas com a mesma resolução edo modelo 12.6, mas a taxa de atualização é de 120Hz.

 Este modelo vem equipado com o chip Qualcomm Snapdragon 865, 6GB de memória RAM, 128GB de capacidade para armazenamento e bateria de 7.250mAh com suporte para carregamento rápido de 22,5W. 

Já o MatePad Pro 10.8 vem equipado com o chip Qualcomm Snapdragon 870, 8GB de memória RAM, 128GB/256GB de capacidade para armazenamento e bateria de 7.280mAh.  

 Ele traz tela IPS LCD de 10.8 polegadas com resolução de 2560 x 1600 e taxa de atualização de 60Hz.

Os dois tablets trazem suporte para a caneta stylus M-Pencil e teclado magnético.

6. Xiaomi Mi Pad 5 Pro

Xiaomi Mi Pad 5 Pro tablet para desenhar

A série Xiaomi Mi Pad 5 chega às lojas com especificações avançadas, como o Processador Snapdragon 870 combinados com opções de até 8GB de memória RAM e 256 GB de armazenamento interno.

O Mi Pad 5 comum é equipado pela plataforma Snapdragon 860, enquanto o Mi Pad 5 Pro é um pouco mais potente, com o Snapdragon 870. O conjunto de processamento é capaz de rodar com alguma folga grande parte das aplicações presentes na Play Store.

Em relação à tela, os dois modelos contam com as mesmas características. Ambos são equipados com um painel LCD IPS de 11 polegadas, com taxa de atualização de 120 Hz, resolução 2,5K de 2.560 x 1.600 pixels,  proporção de 16:10, densidade de 275 ppi e brilho máximo de 500 nits. O display conta, ainda, com suporte para a tecnologia HDR10.

No entanto, apesar do seu LCD IPS, as cores reproduzidas são excelentes e bastante vivas. Além disso, os níveis de brilho são ótimos para quase qualquer tipo de situação.

O Mi Pad 5 padrão chega às lojas com uma bateria de 8.720 mAh e suporte para carregamento rápido de 33 W. Já o Mi Pad 5 Pro tem capacidade um pouco menor, de 8.600 mAh, mas compensa na velocidade de carga de 67 W.

Ambos os aparelhos terão suporte a uma caneta stylus da Xiaomi, que se anexa magneticamente à lateral do tablet para carregar. 

A Stylus tem uma bateria interna com duração de até 8 horas, 4096 níveis de pressão, resposta à inclinação e uma taxa de amostragem de 240 Hz, para resposta precisa ao escrever e desenhar.

Além da caneta, eles também possuem suporte para um teclado físico dedicado, que conta com conexão Bluetooth.

O Xiaomi Pad 5 sai de fábrica com a interface MIUI 12.5 adaptada para tablets, rodando sobre o Android 11. Por isso, o equipamento conta com recursos especiais, que melhoram a experiência multitarefa do usuário.

7. Lenovo Tab P12 Pro

Lenovo Tab P12 Pro tablet para desenhar com caneta

Sem dúvida um dos activos mais bonitos deste Lenovo Tab P12 Pro é o seu grande ecrã 16:10 AMOLED de 12,6 polegadas com a resolução 2K, de 2560 x 1600 pixeis,  proporção de 16:10, e com taxa de refrescamento (não adaptável) de 120Hz.  Com brilho máximo de 600nits, o ecrã permanece visível mesmo sob luz solar directa。

No seu interior, este tablet da Lenovo vem com o Qualcomm Snapdragon 870. Além de oferecer compatibilidade com as redes 5G, o aparelho também conta com 6GB de RAM  ou  8GB de RAM que são mais do que suficientes para a grande maioria dos utilizadores.

O Caneta Lenovo Precision Pen 3  é um pouco mais grossa que a caneta S-Pen da Samsung, ela garante uma aderência confortável, muito próxima de um lápis real. Ergonómica, e permite uma escrita suave e com mais de dez horas de autonomia graças à sua bateria de 30mAh. 

 Alem disso, ela não compromete a sua precisão, já que conta com 4.096 níveis de pressão e detecção de inclinação, ligação Bluetooth automática e um sistema de alerta de perda. 

Muitos recursos adicionais são dedicados exclusivamente à Precision Pen 3, que além de ser responsivo, é equipado com algumas ferramentas muito práticas, que vão desde anotações rápidas até atalhos para copiar e colar texto, fazer captura de ecrã ou até navegar entre slides num PowerPoint.

A sua ponta desenroscável é facilmente substituída, e o seu único botão também permite que ela funcione como um comando, que por exemplo, permite controlar a música que passa. 

Em termos de software, este Lenovo Tab P12 Pro sai de fábrica com o Android 11, e uma interface relativamente discreta.  Apps como Caderno de esboço, iBis Paint X e Como desenhar são opções compatíveis com o dispositivo, mas apps como Sketchbook e ArtFlow também podem ser utilizados.

Além de assumir facilmente o papel de um computador extra para o trabalho, o tablet também pode ser transformado num ecrã adicional para um computador existente. Tudo o que precisa de fazer é descarregar a aplicação Project Unity, da Windows Store, e certificar-se de que os dois terminais estão ligados à mesma rede Wi-Fi. 

A sua bateria de 10200mAh permite usa-lo durante um dia inteiro sem mostrar o menor sinal de fraqueza. Essa bateria é auxiliada pelo suporte de carregamento rápido de até 45 W embora sim, os carregadores que suportam tal fornecimento de energia são vendidos separadamente. Na caixa encontraremos um carregador de 30 W.

Conclusão

Agora você pode usar seu tablet para desenhar. A versatilidade e a portabilidade dos tablets é inegável.

É importante ter o melhor tablet para o desenho para combinar suas habilidades. Você definitivamente precisa considerar o quão rápido o tablet é e como ele se comporta com a sua caneta stylus ou caneta. E, claro, não se esqueça do quanto iria custar-lhe.

Se você gosta de desenhar em seu tablet, em aplicativos de arte ou de escrever notas com uma caneta, observe que nem todos os tablets têm essa função. Certifique-se de que possui uma caneta ou estilete.

A gama de tablets é muito ampla, de modelos econômicos a dispositivos de luxo de última geração.

O iPad Pro pode ser caro, mas você vai rasgar todos os seus benefícios. Especialmente se você estiver usando ele para a sua profissão.

Você acha que vamos perder um dos melhores tablets para o desenho digital? Deixe-nos saber! Deixe um comentário abaixo!

0 Responses